27.11.07

Deus, um Delírio

Quando era criança, minha mulher odiava a escola em que estudava e sonhava poder sair de lá. Tempos depois, quando tinha seus vinte e poucos anos, ela revelou sua infelicidade para os pais, e a mãe ficou horrorizada:“Mas, querida, por que você não nos contou?”. A resposta de Lalla é minha leitura do dia: “Mas eu não sabia que podia”.
Com essa anedota familiar Richard Dawkins, eminente zoólogo evolucionista e popular escritor de divulgação científica britânico, inaugura seu mais novo livro, The God Delusion (Deus, um Delírio na tradução em português). Ele descreve os malefícios que uma crença causa ao homem e como a religião alimenta a guerra, fomenta o fanatismo e doutrina as crianças. No trecho destacado acima ele fala diretamente àqueles que não estão certos de sua opção religiosa e que encaram a religião como um dogma tão imutável que não pode ser questionado. Ou que não sabem que pode ser questionado.

- - -
03.12.2007 09h58

Atualizando o post. Quem se interessar pode baixar gratuitamente o prefácio da edição brasileira clicando aqui. O link aponta para o arquivo em PDF que está hospedado no site da Livraria Cultura. Boa leitura!

3 comentários:

Evandro disse...

Engraçado, você fala de religião como se estivéssemos no Irã... "doutrina as crianças" onde você ve isso? Só se for nos fanáticos que existem por aí. Isso realmente é um problema, mas acho que é um problema de educação e não religioso.

Fatima disse...

Oi,amigo. Curiosamente estou lendo este livro e 'adorando, adorando, adorando'. Boa postagem a sua.

Fatima disse...

Quanto ao comentário do amigo Evandro:

Dawkins refere-se à 'doutrinar as crianças' no sentido de ensiná-las, desde a mais tenra idade de que existe Deus/Diabo, et e al...
Ou negas a influência que uma família religiosa exerce sobre seus pequerruchos?